A patente da versão movida a pilha de combustível foi registada pela marca nipónica. Deverá herdar elementos do Toyota Mirai.

Os rumores que surgiram aquando da apresentação da nova geração do Lexus LS (na imagem), no início deste ano, confirmam-se, com o registo da patente da designação LS-FC Concept, alusiva a uma versão movida a pilha de combustível da berlina topo de gama da marca japonesa. Este registo foi efetuado nos EUA a 24 de abril. De acordo com a Auto Guide, este LS a hidrogénio será mostrado em dezembro, provavelmente ainda em formato de protótipo.

Em termos técnicos, o LS Fuel Cell deverá ser uma evolução do Toyota Mirai. O motor dianteiro elétrico de colocação dianteira desta que se tornará na versão de topo do LS será o mesmo aplicado no Toyota, com 154 cv. Contudo, uma vez que o LS-FC deverá ter uma configuração de tração integral, é de esperar um motor elétrico traseiro. Outra das caraterísticas deste modelo a hidrogénio deverá ser a inclusão de um sistema de condução semiautónoma.

A versão de produção deverá estar disponível para ser produzida a tempo dos jogos olímpicos de Tóquio em 2020.

Assine Já

Edição nº 1437
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes